Editorial

Já conhece o Fundo Europeu de Defesa?

O Fundo Europeu de Defesa é o tema incontornável do momento, apesar de alguns estarem de férias ou se prepararem para o merecido descanso. As tão aguardadas primeiras calls foram apresentadas no final da Presidência Portuguesa da União Europeia, disponibilizando um financiamento de 1.000 milhões de euros para a investigação e desenvolvimento colaborativo de produtos e tecnologias no domínio da Defesa.

Este valor constitui uma enorme oportunidade para o ecossistema da economia de defesa – basta recordar que no mais recente concurso do EDIDP a Comissão Europeia financiou seis projetos em que participam 11 empresas e entidades de I&D nacionais num valor total de 32,7 milhões de euros. Um desses consórcios é mesmo coordenado a partir do nosso país.

Da nossa parte, queremos maximizar a participação de entidades nacionais no Fundo Europeu de Defesa, pelo que disponibilizamos no nosso site um espaço dedicado às 23 calls abertas, com informação de apoio. Diariamente estamos em contacto com entidades nacionais e recebemos com regularidade contactos de entidades europeias variadas que desejam conhecer potenciais parceiros nacionais, intermediação e estabelecimento de contactos. Paralelamente, promovemos encontros entre entidades nacionais e de outros países europeus de modo a dinamizar a criação de parcerias. E após o verão regressaremos aos Dias da Indústria.

Por isso, se já está num consórcio, quer submeter uma candidatura e precisa de apoio para encontrar paceiros ou montar um consórcio ou pretende integrar uma candidatura já em preparação, escreva-nos para edf@iddportugal.pt

Finalizamos com um conselho: a participação poderá requerer credenciação pelo GNS para criação e acesso a informação e para acesso a instalações. Durante todo o ano surgem boas oportunidades no âmbito da UE e da NATO. Se a sua entidade não está credenciada para UE e NATO e/ou não está licenciada junto da DGRDN (Lei 49/2009), aproveite para iniciar estes processos cuja tramitação requer algum tempo. Se ainda não deu este passos, veja como pode fazê-lo no sítio da idD Portugal Defence.

Vamos fazer a Economia de Defesa crescer!

ATIVIDADES IDD PORTUGAL DEFENCE

Financiamento

Fundo Europeu de Defesa no site da idD Portugal Defence

Criámos uma área no site da idD Portugal Defence com informação simplificada sobre cada uma das calls, agrupando-as por categoria de ação e com um motor de busca que permite navegar através de palavras-chave. Introduziremos também neste espaço toda a informação sobre outras iniciativas, como a organização de eventos de networking.
Saiba mais AQUI


Feiras Internacionais

idD Portugal Defence na DEFEA 2021

A idD Portugal Defence participou na DEFEA – Defence Exhibition Athens 2021, a primeira grande feira internacional dedicada à Defesa desde o início da pandemia. No âmbito da missão de promoção da Economia de Defesa, a Portugal Defence realizou um total de 24 reuniões com entidades e empresas de vários países e contou ainda com a visita do Ministro da Defesa da Grécia no stand partilhado com o AED Cluster Portugal e várias empresas nacionais.
Saiba mais AQUI


Economia de Defesa

idD Portugal Defence participa em roteiro de inovação com a Marinha

A idD Portugal Defence integrou a segunda edição do Roadshow Ideia 2021, organizada pela Marinha. Este roteiro permitiu visitar 17 empresas, universidades e centros de investigação das zonas de Aveiro, Coimbra, Leiria e Porto, tendo decorrido de 5 a 9 de julho de 2021.
Saiba mais AQUI


Cooperação

idD Portugal Defence recebe Ministra da Defesa da Macedónia do Norte

O Presidente da idD Portugal Defence recebeu a Ministra da Defesa da Macedónia do Norte, Radmila Sekerinska. Durante o encontro, trocaram impressões sobre a NATO e a UE, indústrias de defesa, ciber, inovação e possíveis formas de cooperação em matéria de economia de defesa.
Saiba mais AQUI


Networking

Industry Day Portugal-Bélgica

Esta sessão, que decorreu no passado dia 8 de julho, teve por objetivo promover novos negócios e o encontro de parceiros visando o desenvolvimento de novos produtos e serviços com aplicação na área da defesa. A partir de setembro serão desenvolvidas mais ações similares, permitindo a empresas e entidades de I&D nacionais reforçar os seus laços no exterior.
Saiba mais AQUI

ACONTECEU

Financiamento Europeu

Financiados 6 projetos EDIDP com participação de 11 empresas portuguesas

Portugal participa em seis projetos financiados pela call de 2020 do European Defence Industrial Development Programme (EDIDP), através de 11 empresas e entidades de I&D, com financiamento europeu que ascende a 32.7 milhões de euros.
Saiba mais AQUI


Espaço

NATO Innovation Challenge “Pitch Day”

Sob o tema “Space Domain Awareness”, este desafio teve como objetivo ampliar o entendimento sobre o Espaço, incluindo relativamente às ameaças e vulnerabilidades que poderão vir a afetar a segurança e os interesses da Aliança, procurando soluções inovadoras.
Saiba mais AQUI

OPORTUNIDADES

I&D e Inovação na área da Defesa

EDF Info Day and Networking Event de 15 a 17 de setembro de 2021

A Comissão Europeia, através da DG DEFIS, organiza um Info Day a 15 de setembro, seguido de sessões de networking a 16 e 17 de setembro, uma oportunidade para conhecer melhor o contexto, objetivos e modalidades de participação no Fundo Europeu de Defesa e para estabelecer contacto com potenciais parceiros.
Saiba mais AQUI


Marque na agenda

Atualizamos com regularidade uma área com informações sobre os eventos que interessam ao ecossistema da Economia de Defesa. Visite e atualize a sua agenda!
Saiba mais AQUI


Procurement

Confira as oportunidades de negócio

A idD Portugal Defence disponibiliza regularmente informação sobre oportunidades de negócio associadas a organizações internacionais como a UE, a NATO ou a ONU e também a forças armadas de outros países.
Confira as oportunidades abertas AQUI

CONHEÇA AS EMPRESAS DA ECONOMIA DA DEFESA

ETI: Simulação e treino virtual Made in Portugal

A ETI é uma empresa que desenvolve soluções na área de simulação e treino virtual, aprendizagem interativa, soluções essas que permitem reduzir substancialmente o custo operacional e de desgaste dos equipamentos, o tempo de formação, o risco associado e a pegada ecológica face às técnicas de treino convencionais.

Saiba mais AQUI