Oceanscan participa em exercício internacional REP16

//Oceanscan participa em exercício internacional REP16

A Oceanscan, uma empresa nacional pertencente à Base Tecnológica e Industrial de Defesa Nacional – BTID, colabora no exercício REP16 juntamente com a Marinha Portuguesa, a Universidade do Porto e outras entidades internacionais.

Realiza-se entre 5 e 31 de julho, na costa portuguesa, em Sesimbra e Setúbal a 7ª edição do exercício anual Recognized Environmental Picture – REP16.

Este projeto internacional é uma iniciativa conjunta da Marinha Portuguesa, da Universidade do Porto, do Center for Maritime Research and Experimentation -CMRE da NATO, da Marinha Belga, do SPAWAR e da empresa Oceanscan, envolvendo observadores do Naval Undersea Warfare Center, da NASA e do projeto europeu JPI Oceans.

O REP16 tem como principal objetivo testar, avaliar e validar os veículos autónomos não-tripulados em rede, em ambientes operacionais, definindo as necessidades e as potencialidades que o sistema marítimo internacional apresenta. Também está prevista a fortificação da cooperação entre as entidades envolvidas, nas áreas de comunicação subaquática, no delay tolerant networking – DTN e na operação de veículos autónomos não-tripulados submarinos, de superfície ou aéreos.

Neste exercício vão estar presentes vários tipos de veículos autónomos, com diferentes caraterísticas, desde sensores a modens acústicos, entre os quais os AUVs (veículos subaquáticos autónomos) da Oceanscan, que irão ser utilizados a partir dos navios da Marinha Portuguesa, nomeadamente do NRP Escorpião, NRP Pégaso, NRP Auriga, NRP D. Carlos I, do submarino NRP Arpão, bem como do NRV Alliance, navio de investigação da NATO agora operado pela Marinha Italiana.

2019-10-21T09:30:29+00:0026 de Julho, 2016|Tags: |