Cerimónia de lançamento START-UP DEFESA ALFEITE

//Cerimónia de lançamento START-UP DEFESA ALFEITE

“Estão criadas condições para que o Arsenal possa reiniciar investimentos, se possa tornar mais moderno e competitivo e tenha mais recursos humanos para desenvolver a sua atividade” e com isso “já houve a autorização para a contratação de mais 63 trabalhadores”, anunciou o governante.

 

O ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco, presidiu à cerimónia de lançamento da STARTUP DEFESA ALFEITE, realizada na Sala do Risco, no Arsenal do Alfeite.

A Start-up de Defesa tem como objectivo apoiar a criação de novos projectos de inovação e desenvolvimento, a criação de empresas de âmbito tecnológico, juntamente com o Centro de Excelência e Conhecimento Científico, em parceria com as Forças Armadas.

O projecto destina-se a jovens empreendedores e e ex-militares em regime de contrato e visa o desenvolvimento de uma rede de start-ups de defesa, através da promoção do potencial humano das Forças Armadas e do potencial Industrial e Tecnológico da Defesa, bem como o potencial da Base Tecnológica e Industrial da Defesa (BTID).

Desta forma promove-se o desenvolvimento e resiliência da BTID e contribui-se para o aproveitamento do capital humano oriundo das Forças Armadas, através do desenvolvimento de um Centro de capacitação de ideias inovadoras de negócio de matriz industrial e tecnológica, designadamente de projectos empresariais- a Start-up Defesa Alfeite, no âmbito da Economia de Defesa do Mar.

Na ocasião foi também levada a cabo a assinatura do Acordo Técnico de Implementação da Start-up Defesa Alfeite, entre a Direção Geral de Recursos da Defesa Nacional, o Arsenal do Alfeite e a idD Portugal que, dispondo o Arsenal do Alfeite de capacidade técnica especializada assinalável e de instalações na sua área de concessão que permitem, com o apoio da idD e da Direção Geral dos recursos da Defesa Nacional, concretizar o programa Start-up Defesa.

2019-10-21T09:30:33+00:001 de Outubro, 2015|Tags: , , |