Empresas portuguesas, com o apoio da idD – Plataforma das Indústrias de Defesa Nacionais, foram visitadas por delegações ministeriais e militares de 3 continentes de onde resultaram várias oportunidades de negócio.

Durante os quatro dias do evento, que contou com a presença de cerca de 40 mil pessoas, 700 expositores, 150 delegações de 71 países, Portugal apresentou 16 empresas num dos mais conceituados certames da América do Sul, a LAAD – Defense & Security.

Brasil, Moçambique, Zimbabwe, República Checa, Mauritânia, Colômbia, S. Tomé e Príncipe, Rússia, França, Chile, Polonia e Uganda foram alguns dos países que passaram pelo stand luso, na LAAD – Defense & Security, sendo recebidos pelo Sr. Ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco e pela administração da idD, que teve a presença de Eduardo Neto Filipe, presidente desta Plataforma.

Dos convidados e visitantes que foram passando ao longo do evento pelo stand da idD, somam-se diversas reuniões B2B e networking de onde resultam potenciais oportunidades de negócio e acordos de cooperação ao abrigo de protocolos estabelecidos entre as congéneres da idD. Recorde-se que no dia 14, primeiro dia do certame, a idD oficializou um protocolo de colaboração com a ABIMDE (uma congénere brasileira). “A idD – Plataforma das Indústrias de Defesa Nacionais, na qualidade de entidade promotora da economia deste setor em Portugal, recolhe testemunhos bastante positivos das empresas representadas no stand idD na LAAD- Defense & Security, que se realizou no Rio de Janeiro de 14 a 17 de abril”, refere Eduardo Filipe, presidente da idD.

Para a Elecnor Deimos, uma das empresas presentes na LAAD, “o balanço da participação da não poderia ser mais positivo”.

Elsa Alexandrino, Business Development Manager da Deimos, refere que a sua participação neste certame, integrada no contexto da idD, “permitiu uma dinamização que de outra forma não teria sido possível, o que levou ao estabelecimento de sinergias e contatos ao mais alto nível com vários representantes da Defesa de origens distintas, que serão acompanhados pela DEIMOS no futuro em contexto mais concreto.”

Também no âmbito da LAAD, a Tekever assinou um acordo de joint-venture com a brasileira Santos Lab, para a produção de um UAV-Luso Brasileiro, cerimónia que contou com a presença do Ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco. “Este acordo resulta de uma parceria tecnológica que se iniciou há cerca de um ano e meio entre a Tekever e a Santos Lab”, refere Ricardo Mendes da Tekever, afirmando ainda que “durante este ano e meio foi desenvolvido um Sistema Aéreo não Tripulado (drone) luso-brasileiro designado AR2 Carcará, que já é utilizado pela Marinha brasileira em missões de fiscalização marítimas”.

Neste certame, conforme referido pelo Aurelien Glay responsável da Caetano Aeronautic, foi “ainda possível alinhar objetivos estratégicos com a EMBRAER, aproveitando para a vinculação estabelecida com a CIAC – Corporacion de la Industria Colombiana e em particular Flavio ULLOA ECHEVERRY (General del Aire – Gerente y representante legal), sendo estes fornecedores da AIRBUS Defense & Space e compradores do C295”.

2019-10-21T09:30:34+00:0018 de Agosto, 2015|Tags: , |