Hungria compra aviões KC-390 desenvolvidos com engenharia portuguesa

//Hungria compra aviões KC-390 desenvolvidos com engenharia portuguesa
KC-390

O Governo da Hungria assinou hoje um contrato para aquisição de duas aeronaves de transporte multiusos de nova geração Embraer C-390 Millennium, na configuração de reabastecimento ar-ar (RAA): o KC-390. A Hungria é o segundo país da NATO, depois de Portugal decidir adquirir cinco novos aviões da Embraer, a escolher o KC-390 para as suas Forças Armadas.

O KC-390 é o maior projecto aeronáutico em que Portugal participa. A aeronave desenvolvida pela empresa brasileira Embraer conta com 56% de incorporação nacional e envolve 35 entidades da indústria de defesa portuguesa, produzindo 350 postos de trabalho directos altamente qualificados em  empresas como as OGMA ou o CEIIA. Por exemplo, a  Empresa de Engenharia Aeronáutica (EEA), que por sua vez subcontratou o CEIIA, e a OGMA produzem as componentes estruturais da aeronave e outros pacotes de trabalho associados à fuselagem central do avião.

Os centros de inteligência e investigação portugueses, como a Universidade do Minho, o Instituto Superior Técnico, a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e a Universidade da Beira Interior, também estiveram envolvidos neste grande projecto aeronáutico de Portugal.

A longa parceria entre o Estado português, a indústria de defesa nacional e a Embraer – que conta com uma fábrica em Évora -, permitiu apostar forte no desenvolvimento e produção do avião que começa hoje a conquistar as preferências dos militares de vários países, dentro e fora da NATO, e que continua a assegurar trabalho, emprego qualificado e exportações para Portugal.

O Governo português investiu €85 milhões neste projecto com o propósito de assegurar o “interesse de Portugal em participar no programa de desenvolvimento e produção da aeronave de transportes multiusos KC -390 como factor de desenvolvimento da base tecnológica e industrial de defesa nacional para o sector aeronáutico e, nessa medida, assumir o papel de vector mobilizador da dinamização do cluster aeronáutico nacional”, segundo uma resolução do conselho de ministros de 2018.

O C-390 da Embraer  é um avião a jato de transporte tático projectado para estabelecer novos padrões na sua categoria. O avião distingue-se pela sua grande mobilidade, design robusto, flexibilidade, tecnologia de última geração e manutenção ligeira. Com mais velocidade e maior capacidade de carga, o C-390 Millennium e a variante KC-390 exigem intervenções mínimas de manutenção programada e estão equipado com sistemas e componentes altamente fiáveis, permitindo reduzir os tempos de inatividade e manter custos baixos ao longo do ciclo de vida.

2020-11-18T11:23:14+00:0018 de Novembro, 2020|Tags: , , |