WORKSHOP MARITIME UNMANNED ANTI-SUBMARINE SYSTEM – MUSAS

//WORKSHOP MARITIME UNMANNED ANTI-SUBMARINE SYSTEM – MUSAS

A Direção-Geral de Recursos da Defesa Nacional – DGRDN, a Marinha Portuguesa e a idD – Plataforma das Indústrias de Defesa Nacionais promoveram ontem, 27 de janeiro, a realização de um Workshop de apresentação à Indústria do projeto MARITIME UNMANNED ANTI-SUBMARINE SYSTEM – MUSAS .

Desenvolvido no âmbito da Cooperação Estruturada Permanente – PESCO – o MUSAS  é um projeto liderado por Portugal e que integra Espanha, França e Suécia como Estados participantes, aos quais se junta a Bélgica e a Itália na condição de países observadores.

Com a participação do Diretor-Geral de Recursos da Defesa Nacional, Dr. Alberto Coelho, bem como do Presidente do Conselho de Administração da idD, Major-General Henrique Castanheira Macedo e do 2.º Comandante Naval, Contra-Almirante Valentim  Rodrigues, o Wokrshop permitiu apresentar as diferentes variantes deste projeto, bem como avaliar as capacidades das entidades que integram da Base Tecnológica e Industrial de Defesa passíveis de integrar o mesmo, em cada uma das suas fases.

O MARITIME UNMANNED ANTI-SUBMARINE SYSTEM tem como objetivo desenvolver uma arquitetura avançada de comando, controle e comunicação (C3) de veículos autónomos para a guerra antissubmarina, aproveitando a tecnologia de ponta e a inteligência artificial. Simultaneamente, este sistema potencia a proteção de portos, infraestruturas subaquáticas, bem como de sistemas de produção de energia baseados no mar.

Recorde-se que a cooperação estruturada permanente foi introduzida pelo Tratado de Lisboa, prevendo a possibilidade de vários Estados-Membros da UE cooperarem mais estreitamente no domínio da segurança e da defesa. 

Este quadro permanente para a cooperação permite que os Estados-Membros dispostos e aptos a desenvolver conjuntamente capacidades de defesa, invistam em projetos comuns que respondam às necessidades da União Europeia (UE) neste domínio, contribuindo, assim, para a autonomia estratégica da União, e para o reforço da Base Industrial e Tecnológica de Defesa Europeia (BITDE).

2020-01-28T11:42:32+00:0028 de Janeiro, 2020|Tags: , , |