Novo Conselho de Administração da idD

//Novo Conselho de Administração da idD
Logotipo-idD---Site

Após indigitação pelo Ministro da Defesa Nacional, José Alberto Azeredo Lopes, foi nomeado pela EMPORDEF, o novo Conselho de Administração da idD – Plataforma das Indústrias de Defesa Nacionais.

O novo executivo é composto pelo Major-General Henrique Castanheira Macedo, que se mantêm como Presidente do Conselho de Administração, cargo que desempenha desde Dezembro de 2017. A Dra. Rita Godinho Saraiva e o Dr. José António Vilar de Jesus assumem as funções de Administradores Executivos.

Recorde-se que o Major-General Henrique Macedo apresenta uma longa e relevante experiência profissional em diversos cargos no âmbito nacional e internacional. Formado em Ciências Socio-Militares, Engenharia Eletrónica e de Computadores, possui uma pós graduação em Guerra de Informação e é auditor do Curso de Defesa Nacional.

Desempenhou, entre outros, o cargo de subdiretor da Direção-Geral de Recursos da Defesa Nacional (DGRDN) desde 13 de janeiro de 2015. No exercício desse cargo foi responsável pela conceção e desenvolvimento de políticas de recursos humanos, requisição de armamento e equipamento, gestão de património e infraestruturas. Participou no planeamento de defesa da NATO e da UE, nomeadamente ao nível da gestão de armamento nas diferentes fases do seu ciclo de vida.

Rita Godinho Saraiva, formada em Economia pela Universidade Católica de Lisboa e com especialização em Gestão pela Católica School Lisbon Business & Economics, exerceu funções de diretora da Your Advisory, empresa de consultoria financeira e fiscal, sendo responsável pela coordenação do departamento de Incentivos e Fundos Comunitários

Desempenhou ainda funções como técnica superior na análise e gestão de incentivos no IAPMEI, sendo especialista na área de inovação e qualificação de empresas e nas áreas de auditoria e no controlo de gestão em empresas como a Novabase e Deloitte

José António Vilar de Jesus, licenciado em Gestão de Recursos Humanos, tendo ainda, entre outras formações especializadas, o curso de Auditor de Defesa Nacional. Desempenhou vários cargos dirigentes no Ministério da Defesa Nacional desde 2004 até dezembro de 2017, entre os quais os de Chefe de Divisão de Recursos na DGPRM/MDN, Diretor de Cooperação Técnico Militar na DGPDN/MDN, Diretor de Serviços de Gestão e Planeamento Estratégico na DGRDN/MDN e de Diretor do Departamento de Coordenação/idD.

No exercício dos diferentes cargos foi responsável pelas mais diferentes áreas desde a conceção e desenvolvimento de políticas de recursos humanos, cooperação técnico-militar, tendo ainda participado no em processos relativos a planeamento de defesa da NATO e da UE. Foi ainda, representante na NATO Standardization Organization, na Convenção de Ottawa/ONU e na Convenção da Armas Convencionais/ONU, na Conference of National Armaments Directores (CNAD) e no Advisory Supervisory Board da NATO Support and Procurement Agency (ASB/NSPA).