idD participa no 4th NATO Cyber Defence – Smart Defence Projects

//idD participa no 4th NATO Cyber Defence – Smart Defence Projects

A idD – Plataforma das Indústrias de Defesa Nacionais participa no dia 19 de abril, na 4ª Conferência dos Projetos de Smart Defence da NATO que se realiza na Academia Militar,  na Amadora.

Organizada pelo Ministério da Defesa Nacional pretende-se, com a realização desta Conferência, reforçar o desenvolvimento de sinergias, no domínio da Cibersegurança e da Ciberdefesa e estimular a cooperação entre todos os Projetos de Smart Defence na área da Ciberdefesa.

Nesse sentido, o evento dará especial atenção à cooperação da NATO com a indústria e com o meio académico, bem como às novas oportunidades de cooperação NATO-UE no domínio cibernético.

No âmbito da participação da idD, o Major-General Henrique Macedo, Presidente do Conselho de Administração, participará no Painel Cyber Academia and Innovation Hub – Academia and Industry to Research & Development (R&D).

Este painel contará ainda, com as presenças de Ana Rita Pereira, Diretora da Área de Sector Público da Microsoft Portugal, de Cathal Corcoran Chief Information Officer do Aeroporto de Gatwick e do Professor José Borges, presidente do Centro de Investigação, Desenvolvimento e Inovação da Academia Militar (CINAMIL).

Objetivos da 4ª Conferência dos Projetos de Smart Defence da NATO:

  • Reforçar a complementaridade dos esforços NATO-UE no domínio da Cibersegurança e da Ciberdefesa.
  • Em linha com a recente Declaração Conjunta NATO-UE, reforçar a implementação do conjunto de propostas comuns através da promoção de uma abordagem sinérgica (Smart Defence e Pooling & Sharing), nomeadamente nas áreas da Educação, Formação e Exercícios de Ciberdefesa.
  • Desenvolver sinergias e estimular a cooperação entre todos os projetos CD da NATO, a fim de fomentar novas iniciativas no âmbito deste cluster de projetos, bem como com a comunidade de CD em geral (por exemplo, nacionais, internacionais, académicos e industriais).
  • Discutir o currículo comum e o papel das Universidades no desenvolvimento de uma Cyber Workforce experiente, promover o envolvimento e a participação da Industria e das Universidades no processo de desenvolvimento de capacidades da NATO e nacionais, no sentido da transformação e inovação da E&T de Ciberdefesa.
  • A implementação do “Cyber Academia and Innovation Hub”.
  • Este evento tem a intenção de oferecer um fórum alargado de discussão livre e aberta, proporcionando à indústria e ao meio académico uma oportunidade única para apresentar e discutir novas ideias, soluções e capacidades técnicas.

Mais informações: https://academiamilitar.pt/4th-nato-cyber-defence.html

 

2018-04-23T13:58:56+00:0017 de Abril, 2018|Tags: , , , , , , |