I Diálogo entre as Indústrias de Defesa de Portugal e Brasil

//I Diálogo entre as Indústrias de Defesa de Portugal e Brasil

I Diálogo entre as Indústrias de Defesa de Portugal e do Brasil pretende proporcionar uma melhor interação entre o tecido empresarial português e brasileiro, reforçando a cooperação bilateral para fazer face aos desafios de segurança.

O Ministro da Defesa Nacional, José Alberto Azeredo Lopes, recebe na próxima semana o Ministro da Defesa do Brasil, Raul Jungmann, que se desloca a Portugal, acompanhado de uma delegação empresarial, para participar no I Diálogo das Indústrias de Defesa. O encontro de Defesa realiza-se nos dias 9 e 10 de fevereiro na cidade do Porto, com o objetivo de incrementar as parcerias entre os dois países no domínio das Indústrias de Defesa.

O I Diálogo entre as Indústrias de Defesa de Portugal e do Brasil pretende proporcionar uma melhor interação entre o tecido empresarial português e brasileiro, reforçando a cooperação bilateral para fazer face aos desafios de segurança. Para tal procurou-se abranger atividades que promovam a parceria e o entendimento entre os participantes, com vista à anulação de impedimentos ao comércio bilateral e aos investimentos em defesa, fomentando, desta forma, a sua expansão.

Portugal e Brasil promovem o primeiro diálogo sob o alto patrocínio dos Ministros da Defesa Nacional de Portugal e do Brasil, que no final do primeiro dia assinarão um memorando de entendimento sobre cooperação na área de catalogação e logística militar, bem como uma declaração conjunta com a finalidade de fixar objetivos de cooperação futura, sobretudo na área das Indústrias de Defesa.

No dia 9 de fevereiro, debatem-se as melhores estratégias de potenciar e gerar oportunidades de desenvolvimento conjunto e identificam-se possibilidades para a conceção de produtos e serviços, na área da defesa, que possam ser desenvolvidas no âmbito de parcerias conjuntas, visando mercados externos onde cada país tenha maior inserção, designadamente no âmbito do Mercosul e da União Europeia.

No dia 10 de fevereiro, Portugal apresenta o seu quadro legal de aquisições e as regras sobre o controlo de importação e exportação aplicáveis à indústria militar brasileira e aos seus parceiros – incluindo o contexto das organizações internacionais em que está inserido. Por seu lado, o Brasil informa os presentes sobre o seu processo de controlo de exportações e linhas de crédito disponíveis para projetos de I&D na área da defesa.

No final da manhã do segundo dia, representantes dos dois países apresentam os respetivos sistemas de certificação de produtos de defesa, havendo espaço para o debate com as empresas.

O I Diálogo das Indústrias de Defesa de Portugal e do Brasil termina com visitas guiadas a empresas representativas do sector industrial da defesa português, na tarde do dia 10 de fevereiro.

2018-01-16T17:08:32+00:001 de Fevereiro, 2017|Tags: , , , |